O Governo do Estado foi quem orientou os municípios do Litoral a iniciar a intensificação da vacinação, como medida preventiva

33643A Secretaria Municipal de Paranaguá aplicou 524 doses da vacina contra a febre amarela no último final de semana, em três diferentes locais (Encantadas e Nova Brasília, na Ilha do Mel, e durante visitação do navio Fragata Independência, no porto). A intenção é intensificar e melhorar o índice de imunização da população da cidade, já que na última sexta-feira foram divulgados resultados que apontaram como positivo a febre para a causa da morte de três macacos em Antonina. Até agora foram aplicadas 1.844 doses, mas o número deve aumentar nos próximos dias. Nesta segunda-feira (28) a procura foi intensa nas unidades básicas de saúde. 
Mesmo não tendo casos em humanos no Paraná, a situação é preocupante porque em municípios de São Paulo que fazem divisa com o Paraná já houve registro de óbitos tanto em pessoas como em primatas. O Governo do Estado foi quem orientou os municípios do Litoral a iniciar a intensificação da vacinação, como medida preventiva.

“Resolvemos oferecer essas doses para a Ilha do Mel e vamos permanecer também durante a semana, pois no sábado e no domingo muitos trabalham intensamente em restaurantes, hotéis e pousadas e não tiveram tempo para conseguir se vacinar”, relata a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro, que agradeceu ao apoio recebido da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento para transporte com barco até a ilha.

A corredora Cassiane Novak e o marido praticam corrida de montanha e sempre que têm tempo gostam de ter contato com a natureza. Por esse motivo é que eles resolveram se imunizar contra a febre amarela, enquanto estavam passeando pela Ilha do Mel no último sábado. “A gente achou melhor já se prevenir, diante da notícia da morte dos macacos por febre amarela. Moramos em frente ao Parque das Onças, em Matinhos, e sempre temos esse contato com áreas de mata. Não dá para correr o risco”, afirmou a jovem.

A vacinação em Nova Brasília ocorreu na própria unidade de saúde. Já em Encantadas, como o posto foi demolido e está sendo reconstruído, as doses foram oferecidas na Associação de Moradores.

A aplicação das doses durante a visitação do navio-escola, acostado no porto de Paranaguá no final de semana, foi uma sugestão do Capitão dos Portos do Paraná, Rogério Antunes Machado.

Fonte: Secom- PMP

Tags: , , , ,

Compartilhar



Comentar com o Facebook


Deixe uma resposta


vermelho {limão}