Ao invés do treinamento de peso, praticantes desta categoria exercitam a atenção e raciocínio
1.2- xadrez

Esporte não envolve apenas esforço físico. Competições voltadas ao desenvolvimento intelectual estimulam a concentração, atenção e raciocínio. Além disso, os chamados “Esportes da Mente” são capazes de ensinar diversos valores aos participantes. Seja por meio do tabuleiro ou de cartas, o jogo intelectivo exige também técnicas de memória muscular, coordenação e destreza.

“Os jogos da mente demandam um aspecto mental mais estável”, destaca a psicóloga Jessica Tonioti. Porém, as habilidades psicológicas têm a mesma importância se comparadas às atividades físicas. “Não tem como esperar de uma pessoa que nunca fez a prática do levantamento de peso, que ela carregue uma barra de 100 quilos de um dia para o outro. É algo que acontece gradualmente”, comenta. De acordo com Jessica, a memória é algo que deve estar em constante fase de treinamento.

8.1-poker-melhor-mao-740x517A trajetória dos “Esportes da Mente” iniciou recentemente. A Associação Internacional de Esportes da Mente foi fundada em 19 de abril de 2005 e faz parte da Associação Geral das Federações Esportivas Internacionais. A instituição é formada pelas federações internacionais de xadrez, bridge, damas, go e pôquer. Com a intenção de reconhecer tal modalidade junto ao Ministério dos Esportes, está em fase de tramitação no Congresso Nacional, o Projeto de Lei Nº 5.840/16, elaborado pelos deputados Marco Antônio Cabral e Mariana Carvalho.

O papel do xadrez

O xadrez é o segundo esporte mais praticado do mundo. O pedagogo Wilson da Silva é integrante da Federação de Xadrez do Paraná e garantiu que o jogo é considerado como esporte-arte-ciência, pois envolve estas três áreas. “O xadrez é um dos esportes com maior representação mundial. Na arte, os jogadores muitas vezes buscam um arremate brilhante, ganhar com algum sacrifício de peça, buscando um final magnífico. Na ciência, a evolução das ideias na sociedade”, afirma.

O jogo de xadrez é algo indicado para pessoas de todas as idades. “O estudo e a prática sistemática desta modalidade auxiliam na organização do pensamento lógico do praticante”, revela o professor Wilson.

Sobre a prática do jogo nas instituições de ensino, o pedagogo defende que a inclusão é conveniente. “O xadrez deveria ser uma atividade utilizada com maior frequência nas escolas”, relata. “Uma vez que o jogo estimula e desenvolve capacidades cognitivas relevantes”, finaliza.

Poker: um jogo da mente e não de azar

O jogo de cartas sofreu preconceito durante muito tempo. O poker chegou a ser considerado ilegal e o caminho para oficializar os torneios foi vagaroso. Somente no ano passado é que a competição foi reconhecida como esporte e liberada pela justiça. A modalidade foi estimada como jogo intelectivo e hoje possui o mesmo status que o xadrez. Existem inúmeras modalidades de poker, mas atualmente, a mais conhecida e praticada em todo o mundo é o Texas Holdem no formato de torneio.

Segundo o presidente da Liga Curitibana de Texas Holdem, Luiz Geraldo Campêlo, a  prática da modalidade em questão exige um enorme número de tomadas de decisões, em cada uma das mãos jogadas.”Vários aspectos do cotidiano, tanto no âmbito pessoal como profissional, são aprimorados”, comenta. Além de ser uma opção muito agradável de lazer, o poker melhora a autoestima, o raciocínio matemático, o convívio social, e inclusive, o respeito ao adversário. O poker é uma atividade das mais democráticas que existem e a única exigência para que a pessoa possa participar dos torneios da Liga Curitibana é ter mais de 18 anos e pagar sua inscrição.

Recentemente, o empresário parnanguara Rafael Coelho, foi campeão num torneio de poker realizado em Curitiba. Foram três dias de competição onde ele investiu R$ 210 e conquistou muito mais. Coelho confirma que enfrentou ótimos jogadores entre os 530 inscritos. “Eu fazia fichas nos adversários mais simples e botava pressão quando tinha fichas sobre os melhores”, lembra o empresário.

Em seu perfil no facebook, o empresário disse que foi uma verdadeira maratona. “30 horas. Muito feliz. A todos meus amigos que compartilham o amor por esse esporte da mente”.

E, para quem não sabe, Paranaguá tem um clube associado ao Cwb Poker Club, que é referência no jogo. O CWB Poker Club Paranaguá é o primeiro clube de poker do Litoral Paranaense.

Com o objetivo de expandir o esporte na região, o CWB Poker Club Paranaguá disponibiliza uma grade de torneios semanal, formando novos jogadores, futuros profissionais, ou apenas reunir amigos que queiram um espaço para realização de homegames com todo o conforto e estrutura de um grande clube.

Texto: Emanuel Andrade

Tags: , , , ,

Compartilhar



Comentar com o Facebook


Deixe uma resposta


vermelho {limão}