DSCF9639A Viação Rocio informa, que na próxima quinta-feira, dia 23, haverá teste prático para motorista, às 09h. Os interessados devem comparecer na garagem da empresa, e os requisitos para o cargo são os seguintes:

* Possuir CNH categoria “D ou E”;

* Possuir Curso de Capacitação em Transporte Coletivo ou estar cursando, (trazer o certificado ou declaração do curso);

* Ter o 1º grau completo (ou que esteja estudando);

* Residir em Paranaguá;

* Ter acima de 21 anos.

A Viação Rocio fica na Avenida Gabriel de Lara, 05, Centro. Mais informações no 3420- 0200.

Fonte: Jornalismo da Ilha




Indicação foi feita pela vereadora na Câmara e serviço começou a ser prestado há duas semanas pela Secretaria Municipal de Saúdesaude dra.terezinha

Quatro comunidades marítimas começaram a ser atendidas pela Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Paranaguá com uma equipe médica.

A indicação para que este serviço pudesse ser realizado partiu da vereadora Sandra Neves, que está com frequência nas ilhas e comunidades pesqueiras da Baía de Paranaguá e conhece a realidade dos moradores.

Ind nA 08-13“Ouvindo a realidade e percebendo as dificuldades destes moradores, apresentei a indicação número 008, no ano passado, que solicita a reforma das unidades de saúde de Amparo e São Miguel, assim como a visita de médicos e enfermeiros”, lembra a vereadora.

Agora, Sandra Neves comemora o início do serviço que começou a ser prestado há duas semanas. A primeira comunidade foi Amparo, a segunda foi Eufrasina. Nesta semana, será a vez de São Miguel e na próxima semana os moradores da comunidade de Teixeira.

A cada quinta-feira, uma destas comunidades marítimas recebe o Dr. Jhonatan Aredes, com equipe com enfermeiros e agente de saúde para fazer aferição da pressão arterial, coleta de sangue, medição de diabetes, entre outros exames.

Na primeira visita, 37 consultas foram realizadas. “Desta maneira as comunidades das nossas ilhas e nossos pescadores terão o que todos os cidadãos têm direito, ou seja, acesso à saúde. Agradeço ao prefeito Edison Kersten e à secretária de Saúde, Dra. Terezinha, pelo empenho na efetivação deste pedido que fiz em fevereiro do ano passado”, completou a vereadora Sandra Neves.

Piaçaguera, Prainha e Europinha continuarão sendo atendidas pela 1ª Regional de Saúde até que a Secretaria Municipal de Saúde possa estender o serviço para estas comunidades, conforme a assessora Diva Abalém Baka confirmou à vereadora.


21
out 14


kátia-muniz2Educar X Escolarizar

Por: Katia Muniz                                                                      katiacronicas@gmail.com

Recebo por e-mail vídeos, frases e pedidos para eu escrever sobre determinados assuntos na coluna semanal. Alguns, até consigo atender, já outros, sorry! Outro dia, uma conhecida me enviou um vídeo com um trecho de uma entrevista do Mário Cortella.  Cada palavra que ele pronunciava eu batia palmas. Quanta coerência!

O assunto era sobre educação e escolarização. Deixando claro que, educação vem de casa, enquanto cabe à escola escolarizar.

Todos sabem disso, não sabem? A resposta é uma negativa em maiúscula: NÃO!

Com esses novos arranjos na vida familiar, em que cada vez mais as mulheres estão fora de casa e dentro do mercado de trabalho, as crianças passaram a ir mais cedo para escola. Aqui, não estou falando de alfabetização, e sim, do contato que as crianças estão tendo em creches ou escolas particulares.

Acabou a licença maternidade e lá estão os pequenos entre fraldas e chupetas numa escolinha, muitas vezes em tempo integral. Lá aprendem a se socializar, a dividir, a competir, a buscar o seu espaço, a entender que são mais um no meio de muitos. Numa legião de filhos únicos, que sejam bem-vindos a esse contato enriquecedor no aprendizado da vida.

Papai e mamãe costumam cumprir uma carga horária extensa fora de casa. As energias estão por um fio quando retornam para encarar mais um turno, desta vez, com a criançada. Comida, banho, auxílio nas tarefas escolares, brincar, leitura antes de dormir. Ritual elencado por qualquer profissional entendido em educação, mas que na prática não vem se mostrando como recomenda a cartilha.

Para os pais, o pacote da vida moderna acompanha cansaço físico, mental, esgotamento emocional, estresse, insegurança, responsabilidades diversas, incluindo aí o direcionamento e a educação dos filhos. Educar dá trabalho. Ensinar valores, respeito a si e ao outro, o que pode e o que não pode, o certo e o errado demandam entrega. Como os pais ou responsáveis estão fora de casa muito tempo, a fim de garantir uma vida melhor para a prole, acaba sobrando para os professores a tarefa de educar, além da de escolarizar.

Segundo o vídeo, nunca houve tantos casos de agressão a professores como os que vêm ocorrendo atualmente. A escola, com esforço, tenta impor limites a essa nova geração. Cobram disciplina, cobram realização de tarefas e fiscalizam as atividades que deveriam ser realizadas em casa.

Educar X Escolarizar.

Aos professores cabe ensinar as disciplinas: português, matemática, geografia, ciências, artes, história, entre outras. Eles de fato contribuem, acrescentam, somam com uma parcela da educação dos nossos filhos.

O educar vem de casa. Tarefa dos pais ou responsáveis pela criança.

É a união desse “duo” educacional que serve como medidor de resultados positivos ou negativos das atuais e futuras gerações.




Feriado do funcionário público foi antecipado para funcionários da Prefeitura de Paranaguá

A Prefeitura de Paranaguá está antecipando o feriado do funcionário público do dia 28 de outubro para o dia 24, próxima sexta-feira.

Em função desta mudança, a equipe do Laboratório Municipal de Paranaguá está comunicando aos pacientes do serviço que a coleta laboratorial marcada para o dia 24 serão transferida para o dia 28 de outubro (terça-feira).

A medida vale para todos os pacientes agendados no dia 24 e para todos os postos de coleta do município de Paranaguá.

A informação foi confirmada pela bioquímica da Secretaria Municipal de Saúde, Fernanda Scomação.




Presidente da Fundação Municipal de Cultura falou do projeto que acontecerá na Biblioteca Mário Lobo, em dezembro

14064A 1ª Festa Literária de Paranaguá – FLIPA- foi apresentada ao diretor da Biblioteca Pública do Paraná, Rogério Pereira, pela presidente da Fundação Municipal de Cultura (Fumcul), Maria Angélica Lobo Leomil.

Na ocasião, participaram do encontro a assessora técnica da Biblioteca, Vilma Aparecida Gural Nascimento e a diretora cultural da Fumcul, Beni Moura. O objetivo do encontro também foi de estreitar a relação entre os dois órgãos, uma vez que a Flipa acontecerá na Biblioteca Mário Lobo, que funciona numa gestão compartilhada da Biblioteca e Fundação.

A Flipa acontecerá de 4 a 6 de dezembro e contará com a presença de escritores de nível nacional e estadual e ainda dos escritores locais com o objetivo de fomentar a produção literária em Paranaguá.

Rogério Pereira se comprometeu em colaborar com a cessão de contadores de histórias para estimular a presença de crianças e adolescentes durante a Festa Literária e deu muitos esclarecimentos sobre eventos como esse, uma vez que já foi curador de festivais e festas literárias pelo Brasil. A Biblioteca Pública do Paraná estará, portanto, apoiando esta primeira Flipa.

“Ficamos muito satisfeitas com o apoio que receberemos da Biblioteca e com o incentivo que o prefeito Edison quer fomentar, também, na linha da produção literária. É por isso que iniciamos uma oficina literária que está em pleno vapor, e agora iniciamos também os preparativos para a Festa Literária de Paranaguá”, destacou Maria Angélica.




10557416_851230851584466_4941571480208940043_n




Untitled-1




Duas moças, com idade de 27 e 28 anos, foram detidas pelo proprietário de um clube, no bairro Ouro Fino, na madrugada deste dia 20 de outubro, porque elas estavam passar cédulas falsas de R$ 100,00 (cem reais0.

A polícia militar foi chamada. Quando os policiais chegaram ao local, verificaram a existência de notas falsas e encaminharam as mulheres para a delegacia da Polícia Federal em Paranaguá.

Há alguns meses, homens foram presos com cédulas falsas de R$ 50,00. Os comerciantes ficam preocupados com a incidência de notas falsas circulando na região.




Acontece nesta terça-feira (21), às 10h30, a entrega da revitalização da Unidade de Saúde Rodrigo Gomes, na Ilha dos Valadares. As presenças do prefeito Edison Kersten e do deputado estadual Artagão Júnior estão confirmadas.

A unidade foi interditada para que as obras pudessem ser realizadas. A situação era precária e esta unidade sempre foi bem utilizada, uma vez que o bairro é um dos mais populosos de Paranaguá.




Trabalho com couro, madeira, escama de peixe mostram a identidade do Litoral do Paraná

14054O projeto Artesanato de Paranaguá passou por mais uma etapa. Depois da discussão e do trabalho de diagnóstico, foi feita a avaliação dos produtos artesanais do material produzido por artesãos locais.

A avaliação foi realizada por técnicos do Sesc, Sebrae, da própria Fundação Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Turismo.

14056Na ocasião, os avaliadores puderam analisar trabalho feito com couro, escama de peixe, cipó, madeira.  De acordo com o Chefe do Escritório do Sebrae no Litoral, Gilberto Kesserle, a avaliação teve como base a identidade do Litoral nas peças produzidas.

Caren  Santos, do Sebrae, também esteve avaliando pelo olhar de quem vai comprar. “É preciso que os artesãos locais possam mostrar, também, o que o turista tem interesse”, disse a técnica.

Foram avaliados itens como preço, mercado para o produto, entre outros. A consultora da oficina do Sebrae, Izamara Carniatto, colaborou na criação de novos produtos seguindo o diagnóstico. O documento deu subsídios para o planejamento de ações que vise a dinamização da produção artesanal local, através de uma intervenção consciente e direcionada para a geração de oportunidade de negócios.

Para isso, há uma parceria com o Sebrae, com o Sesc, todo o sistema Fecomércio, juntamente com a Fundação Municipal de Cultura.

14057A ex-diretora do Sesc/Paranaguá, Débora Cassiano Redmond, que continua atuando no sistema, também foi uma das avaliadoras. O Sesc vai intermediar o trabalho da comercialização dos produtos dos artesãos de Paranaguá.

Para a presidente da Fumcul, Maria Angélica Lobo Leomil, o artesanato é outra vertente da cultura parnanguara que necessita do apoio da Fundação. “E vamos colaborar com todos os segmentos, assim como estamos fazendo com o fandango, os corais da cidade, as bandas de música, os escritores, e tudo isso seguindo as determinações do prefeito Edison Kersten que vê no fortalecimento da cultura o crescimento do seu povo, a retirada de jovens das ruas e das drogas, uma alternativa de entretenimento desde as crianças até os mais experientes”, destacou Maria Angélica.

Mais fotos no link da Fanpage do Blog da Luciane: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.912766005418337.1073741942.524406240920984&type=3&uploaded=21



Nuvem Digital