10731132_749502385126346_8297104203349161362_nDurante seis meses, o transporte que fazia do continente até comunidades da Baía de Paranaguá, ficou paralisado. Mas, após seis meses de paralisação, o serviço foi retomado.

Com isso, os moradores das comunidades marítimas de Prainha Ponta de Ubá, Vila São Miguel, Piaçaguera, Amparo, Eufrasina, Europinha e Ilha do Teixeira voltam a ser beneficiados.

1512292_749502368459681_307246803543550214_nDe acordo com informações, a situação foi regularizada com a participação de empresas privadas e a intervenção das vereadoras Sandra Neves e Sandra do Dorinho.

Dezenas de moradores precisam se deslocar destas comunidades até o continente para fazer compra de alimentos, roupas, entre outros produtos, ir ao médico, a um dentista, além de várias outras atividades.

Uma pena que os moradores, na maioria, família de pescadores, tenham passado por essa situação nos últimos meses.




3.1-pedro pescador 2A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembléia Legislativa do Paraná iniciou a uma audiência pública em Paranaguá sobre a indenizações a pescadores. O evento acontece, somente, hoje, no período da manhã

A audiência está sendo realizada a pedido da comunidade pesqueira, que alega estar tendo problemas para receber as indenizações decorrentes do vazamento de óleo do Poliduto Olapa, ocorrido em 2001. O acidente deixou milhares de pescadores sem exercer a atividade durante um longo período, motivando as ações judiciais contra a Petrobrás para compensação dos danos.

O objetivo da audiência é ouvir as famílias e o Ministério Público Estadual sobre o andamento das ações e a liberação dos recursos,  que estão depositados no Banco do Brasil.

A audiência será realizada nesta quinta-feira, dia 27 de novembro, das 9h30 às 12h30, no Estádio Municipal Fernando Charbub Farah, conhecido como “Gigante do Itiberê”.

Fonte: Jornalismo da Ilha




unnamedA Anvisa alerta os consumidores sobre a constatação da presença do fungo Rhizopus oryzaeno no probiótico ABC Dophilus Powder, fabricado pela empresa norte-americana Solgar Inc. O produto não apresenta registro sanitário no Brasil, mas, eventualmente, pode ter sido importado para uso pessoal.

A Gerência-Geral de Alimentos da Anvisa recebeu uma notificação emitida pela Autoridade de Segurança Alimentar da Irlanda (FSA) sobre recall do produto ABC Dophilus Powder 49,6g, fabricado pela empresa norte-americana Solgar Inc. de Leonia, New Jersey.

O motivo do recall foi a detecção do fungo Rhizopus oryzae nos lotes 074024-01R1, 074024-01 e 074024-02 do produto, todos com data de validade referente a julho/2015. A situação dos outros lotes é desconhecida. O fungo Rhizopus oryzae pode provocar uma rara infecção, principalmente em crianças prematuras ou que apresentem o sistema imunológico debilitado. Esta rara infecção também pode ocorrer em pessoas que apresentam diabetes não controlado, câncer, problemas cutâneos, entre outros. Nos EUA, houve um caso de óbito de criança prematura que fazia o uso do referido produto como parte do tratamento.

O produto ABC Dophilus Powder é um probiótico formulado com B Lactis, S thermophilus e L rhamnosus, e não se encontra registrado no Brasil.

Apesar de ter sido distribuído somente para os EUA, Reino Unido e Israel, o produto estava disponível para compra pela internet. Por se tratar de um produto comercializado internacionalmente por meio de uma ampla gama de canais de distribuição, a Anvisa recomenda aos consumidores brasileiros que não façam o uso do produto Solgar ABC Dophilus Powder 49,6g.




A Prefeitura Municipal de Capitão Leônidas Marques, Paraná, abriu inscrições para concurso público objetivando o provimento de 109 vagas, além de cadastro reserva.

Os interessados devem se inscrever pelo site http://www.saber.srv.br/index.php, até 8 de dezembro de 2014, com taxas que variam de R$ 20,00 a R$ 100,00.

Para participar, os candidatos devem possuir ensino fundamental, médio e superior. Confira abaixo as oportunidades:

As vagas são para as áreas de Advogado (1), Agente Ambiental (1), Agente Comunitário de Saúde (25), Agente de Administração (4), Agente de Combate as Endemias (1), Agente de Serviços Públicos (3), Agrônomo (CR), Assistente de Informática (1), Assistente Social (2), Auxiliar de Serviços Gerais (13), Borracheiro (1), Contador (1), Enfermeiro (5), Engenheiro Civil (1), Farmacêutico (2), Fiscal de Tributos (1), Mecânico (1), Médico (4), Merendeiro (4), Monitor de Creche (1), Motorista (3), Odontólogo (3), Operador de Máquinas (3), Pedreiro (1), Professor (4), Psicólogo (1), Técnico Agropecuário (2), Técnico em Segurança do Trabalho (1), Vigia (3 + CR) e Zelador (16).

Os profissionais atuarão em regime de 20 a 40 horas semanais, com remunerações que variam de R$ 803,38 a R$ 8.564,30.

Prova

Os candidatos serão avaliados por meio de Provas Escrita, Prática e de Títulos. O certame terá validade de dois anos, com possibilidade de ser prorrogado pelo mesmo período. Confira outras informações no edital de abertura: http://site.pciconcursos.com.br/arquivo/1296587.pdf.




1226711 – Apresentação no Auto de Natal – Catedral – 20 h
12 – a confirmar
13 – Apresentação no Auto de Natal – Igreja São Francisco das Chagas – 22 h
15 – Apresentação no Recital de Canto de Wanderlem Silva –  Auditório da PIB Paranaguá – 20 h
16 – Apresentação na Feira da Lua – 19:30 h
16 – Confraternização – 21 h
17 – Apresentação no Hospital Regional, Asilo S.Vicente de Paula e Abrigo dos Idosos – a partir das 14 h
18 – Apresentação no Recital de Encerramento dos Professores da Casa da Música – Museu  (MAE), 19 h
19 – Apresentação no Encerramento do Natal FUMCUL – Aeroparque –  18 horas



14462A equipe infantil masculina da AHPA/Fundesportes/Paranaguá encerrou no domingo (23) a sua participação no Campeonato Paranaense de Handebol de Quadra 2014 – Infantil/Sub14 que aconteceu no Município de Astorga.

A competição foi disputada pelas 17 melhores equipes do Paraná e a equipe parnanguara ficou com o 6º lugar na competição.

Caio Casburgo, goleiro da AHPA/Fundesportes e um dos destaques da competição, falou sobre o resultado. “Estamos felizes pela colocação, foi uma competição muito forte”, confirmou. “Em torno de oito equipes tinham chance de conquistar o título e estar entre elas foi muito gratificante, mostra que o trabalho que vêm sendo realizado por nossa equipe está dando resultado,” opinou o atleta.

A participação de Paranaguá começou com uma com uma vitória arrasadora, pelo placar de 20 a 08, contra a equipe do Colégio Imperatriz de Guarapuava na estreia.

Na sexta-feira (21), mais dois jogos foram realizados. Com os resultados da 1ª fase a AHPA/Fundesportes ficou com o segundo lugar do grupo “E” e uma das vagas para as quartas de final da competição.

Nas quartas de final, o jogo foi equilibrado contra a equipe de Toledo. O adversário venceu por um ponto apenas, pelo placar de 19 a 18.

Com a derrota, a equipe parnanguara disputou a decisão de 5º a 10º lugares. Na busca pela melhor colocação possível na competição, os parnanguaras enfrentaram a equipe de Paranavaí e tiveram uma excelente vitória por 23 a 11. Na sequência, venceram a forte equipe de Alto Paraná por 17 a 15.

Com as duas vitórias, a equipe se qualificou para disputa de 5º e 6º lugares do evento. O jogo contra o Colégio Marista Pio XII de Ponta Grossa foi difícil e os ponta-grossenses venceram o confronto por 21 a 10.

“Fizemos uma boa competição”, disse o técnico Flávio Correa de Carvalho. “Ficar entre os 6 melhores do Estado numa competição de alto nível é excelente. A experiência para os nossos garotos foi fantástica, agora vamos voltar aos treinamentos visando o Cadete.”

O técnico Flávio contou com os atletas Caio, Gabrielzinho, Cartola, Guilherme, Alan, Gabriel, Andrey, Jobim, Leo e Matheus.




Cinesystem (1)O Cinesystem Paranguá, única opção para os fãs da sétima arte no litoral do Paraná, completa seu nono aniversário chegando a marca de 114.411 espectadores nestes últimos 12 meses. Com duas salas, o multiplex foi o primeiro do país com tecnologia de projeção totalmente digital numa cidade com população na faixa de 150 mil habitantes.
Entre os filmes com maior bilheteria no ano estão: “A Culpa é das estrelas” (6.544 pessoas assistiram), “Rio 2” (6.435) e “Thor: O Mundo Sombrio” (6.019).
“Desde que inauguramos, em 2005, já são nove anos de parceria com Paranaguá e região. Chegamos e até hoje somos o cinema do litoral do Estado, fazendo questão de manter o padrão de qualidade em som, imagem e conforto em nossas exibições, sempre com o intuito de melhorar”, diz a gerente de marketing da Rede, Sâmara Kurihara. “O aniversário é do multiplex, mas os agradecimentos este mês são para o público, que sempre prestigiou o Cinesystem Paranaguá”.



Três livros serão lançados nesta primeira edição da Festa Literária de Paranaguá

capa 1As livrarias Poetria, de Curitiba e Book Sebo, de Paranaguá estarão participando da 1ª Festa Literária de Paranaguá com a comercialização de livros de 10 a 15% mais baratos. Esta foi uma das informações repassadas durante a coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira, 25, com a presença do prefeito de Paranaguá, Edison Kersten.

” Acredito que, com a realização da oficina, novos talentos vão surgir em Paranaguá. O trabalho é para alcançar a valorização dos artistas, especialmente, os parnanguaras”, destacou o prefeito referindo-se à Oficina Traços, onde alunos da rede pública do Estado participaram e terão um livro lançado com material produzido durante a oficina.

capa 2Os alunos Leonardo Rodrigues, de 16 anos, e Gabriela Mariotto, de 17 anos, ambos do Colégio Estadual Carmem Costa Adriano participaram da coletiva ao lado do professor da oficina, Paulo Ras. Para a aluna Gabriela, “foi um projeto inovador onde aprendemos a escrever algo diferente do que uma redação para o vestibular”. Para Leonardo, a experiência foi gratificante por conhecer novos autores. “Sempre gostei de ler, mas muitos autores não conhecia e o professor Paulo nos mostrou estas opções”, destacou.

A Travessa Editores também confirmou presença com livros lançados pela própria editora nos últimos anos. “O objetivo é dar uma injeção de opções de leitura à população parnanguara”, destacou a presidente da Fundação de Cultura, Maria Angélica Leomil.

Além das livrarias e editora, a Flipa terá contação de histórias para as crianças. A programação tem eventos para todas as idades e todos os gostos.

Três livros serão lançados. No dia 04, abertura da Flipa, será lançado o livro de alunos da rede estadual de ensino e que participaram da Oficina “Traços”, ministrada pelo escritor Paulo Ras.

No dia 5, será feito o lançamento do livro da escritora e jornalista, Marília Kubota no hall de entrada da Biblioteca Mário Lobo, a partir das 16h30. Estreou no jornal de literatura Nicolau, em 1991. Integrou as antologias Crônicas Paranaenses, Pindorama, Passagens, 8 Femmes e Antologia brasileira do início do terceiro milênio. Também publicou textos na Gazeta do Povo, Medusa, Suplemento de Minas Gerais, entre outros.

E no dia 6, acontecerá o lançamento do livro Contos da Carne, do jornalista e escritor, Paulo Ras, de Paranaguá. Este é o mais novo livro lançado pela Travessa dos Editores. O lançamento acontecerá às 19h na Biblioteca Mário Lobo, assim como toda a programação da Festa Literária.




10551109_687573098001047_4396269301346636777_nA 1.ª Promotoria de Justiça de Antonina  expediu recomendação administrativa à Prefeitura Municipal para que apresente, ao Corpo de Bombeiros local, Projetos de Prevenção de Incêndio ao Corpo de Bombeiros relativos a duas escolas municipais. O prazo fixado para que o Município tome providências é de 15 dias.

Conforme o documento, os Bombeiros terão que fazer, em trinta dias, novas vistorias nas escolas municipais, para verificar se houve melhorias. O Ministério Público na comarca esclarece que, em caso de reprovação nas vistorias, pode ser solicitada a interdição dos locais, bem como o ajuizamento das ações cabíveis.

A Recomendação foi expedida após o Corpo de Bombeiros informar à Promotoria de Justiça que as escolas municipais Otávio Secundino e Doutor Miranda Couto foram reprovadas nas vistorias por não possuírem projetos de prevenção de incêndio. Desde agosto, o poder público não tomou providência alguma para sanar a situação, o que coloca os estudantes em risco. A promotora de Justiça Kelly Vicentini Neves Caldeiras destaca a necessidade de medidas emergenciais para a salvaguarda dos alunos matriculados nesses estabelecimentos de ensino.




640_o_imagem3861A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Tadeu Veneri (PT), promoverá audiência pública sobre pagamento de indenizações aos pescadores vítimas do acidente no Poliduto Olapa, na próxima quinta-feira (27), a partir das 9h30, em Paranaguá. A audiência, marcada para o Ginásio de Esportes Albertina Salmon, é uma reivindicação da comunidade de pescadores, que alega estar tendo problemas para receber as indenizações decorrentes do vazamento de óleo, ocorrido em 2001.

O acidente deixou milhares de pescadores sem exercer a atividade durante um longo período, motivando ações judiciais contra a Petrobrás para compensação dos danos. O objetivo da audiência é ouvir as famílias e o Ministério Público estadual sobre o andamento das ações e a liberação dos recursos que estão depositados no Banco do Brasil.



Nuvem Digital