Untitled-1




Delegacia de Guaratuba

Delegacia de Guaratuba

Neste sábado, dia 24, três mulheres foram presas e levadas para a Delegacia de Guaratuba.

Elas estavam com um saco preto que tinha restos de crack e uma cartucheira contendo 8 munições calibre 28, sendo quatro intactas e mais quatro deflagradas.

A prisão ocorreu por volta das 20h, quando policiais militares atuantes na Operação Verão estavam fazendo patrulhamento do bairro Piçarras.

Foi verificada uma movimentação suspeita e ao se aproximar, eles realizaram a abordagem porque uma das mulheres havia jogado algo no mato.




034- Tá chovendo lá ao fundoUma denúncia anônima acabou com a festa de um jovem de 19 anos que ia levar drogas para a Ilha das peças.

Mas a tarde da última sexta-feira (23) começou mal para o traficante.

– Ainda bem para os jovens e famílias de bem da Ilha das Peças.

A prisão ocorreu no ponto de embarque para a Ilha das Peças. A equipe de policiais militares recebeu a denúncia com as características do rapaz.

O jovem foi abordado e os policiais encontraram, dentro da mochila, 455 gramas de maconha e 27 gramas de cocaína. Toda a droga estava em pequenas frações dentro de plásticos.

Questionado sobre a procedência da droga, o jovem informou que teria comprado em Curitiba pelo valor de 500 reais e pretendia vender na festa da Ilha das Peças.

Foi dada voz de prisão e o “quase” traficante foi encaminhado até a 1ª SDP para os procedimentos legais.

Esse morreu na praia!




??????????

Delegacia de Morretes onde foi feito o Boletim de Ocorrência. O menor não foi preso

Policiais Militares atuantes da Operação Verão 2014/15, conseguiram recuperar na noite de sábado (24) um veículo furtado em Morretes.

Os policiais receberam a denúncia de que um veículo estava sendo usado para fazer manobras perigosas numa das vias públicas de Morretes.

Quando investigaram a placa, foi verificado o alerta de furto.

Os policias, então, se deslocaram até o local e conseguiram abordar o veículo.

E olha só: o carro Chevette estava em posse de um menor de idade. A idade não foi divulgada pela Polícia.

O menino afirmou ter comprado o carro a pouco tempo de outra pessoa.

O veículo e o menor foram encaminhados para a delegacia para providências.




delegacia antonina

Delegacia de Antonina

A mãe da menor de idade colocou o amor à filha acima de qualquer sentimento quando denunciou que a menina teria ido para a casa de um amigo com droga escondida dentro da calcinha.

A denúncia foi feita no sábado à noite e, no início da madrugada do domingo (25), policiais militares de Antonina, conseguiram apreender a menor que transportava drogas em suas roupas íntimas.

Com a denúncia, os policias se deslocaram até o local repassado e realizaram busca pessoal em todos os homens que estavam na casa e nada de ilícito foi encontrado.

As mulheres foram revistadas pela conselheira tutelar que acompanhou a ocorrência e, durante a revista da menor denunciada pela mãe, foram encontrados nove invólucros com cocaína, prontos para a venda.

Se acharam que, pelo fato da droga estar com uma menor, a situação seria um bom puxão de orelha apenas na menor, levaram a pior porque todos que estavam na casa foram encaminhados para a delegacia.




fpm_queda_2Apesar da expectativa positiva com a elevação no repasse do FPM ao longo de 2015, os prefeitos começaram o ano com a mesma frustração histórica diante dos recursos enviados pela União. Com redução de cerca de 20% em relação ao mês de janeiro de 2014, causada principalmente pela desempenho da atividade econômica no ano passado, a segunda parcela do FPM caiu nas contas municipais na última terça-feira para aliviar um pouco a situação de “insolvência” de muitas cidades, conforme relato do prefeito de Ivaiporã, Luiz Carlos Gil (PMDB). As informações são da Folha de Londrina.

A maior parte dos municípios paranaenses está na faixa inicial do FPM, com até 10,1 mil habitantes. Como o critério para a divisão do bolo no interior é populacional, são 202 municípios que receberam cerca de R$ 100 mil, referentes à segunda das três parcelas mensais efetuadas pelo governo federal. No acumulado do mês até agora, segundo a Associação dos Municípios do Paraná (AMP), são R$ 300 mil.

Gil, que também preside a Associação dos Municípios do Vale do Ivaí, informou que muitos prefeitos recorrem ao FPM para o custeio da máquina pública, “principalmente a folha de pagamento”. “Com pouca arrecadação, o FPM acaba sendo um dos principais recursos das prefeituras, mas aí sobra pouca coisa para investimentos. Como arrumar uma estrada ou fazer um serviço a mais para a população? Atualmente, 80% dos municípios do Vale do Ivaí estão em situação de insolvência.”.

EXPECTATIVA DE MELHORIA

Dois fatores vão contribuir para engordar o fundo e o repasse aos municípios. Conforme estimativa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o aumento de impostos anunciado pelo governo federal vai elevar em R$ 1 bilhão o que é repassado ao FPM. Também o Plenário da Câmara aprovou Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 58/07, do Poder Executivo, que aumenta em um ponto percentual, de 22,5% para 23,5%, o repasse de tributos da União ao Fundo.

“O aumento é importante, mas essa situação dos municípios mostra que temos que repensar o pacto federativo. Aqui em Ivaiporã, de tudo o que o governo federal arrecada, apenas 13% volta”, disse o prefeito Luiz Carlos Gil (PMDB).

De acordo com o presidente da Amepar, “a maioria dos prefeitos vai ter dificuldades até para dar o reajuste correspondente à inflação neste começo de ano”. Damasceno disse que para evitar a paralisação dos serviços públicos, “o gestor acaba assumindo despesas correndo o risco de ter contas reprovadas pelo Tribunal de Contas”.

 




Comemoração do GolO Rio Branco venceu o Atlético Ibirama por 1×0 em jogo-treino realizado no estádio Fernando Charbub Farah na tarde deste sábado (24). Esta foi à segunda partida do ano do alvirrubro, com um público superior a 300 torcedores este foi o primeiro contato dos atletas com a sua torcida.

O jogo foi bem movimentado com as duas equipes buscando o gol a todo o momento, mas o calor foi um grande adversário para ambas as equipes, com a temperatura ultrapassando a casa dos 35 graus. Amauri Knevitz iniciou a partida com o futebol do goleiro Carlos Luna, na lateral direita Diogo Saraiva, na zaga Junior Goiano, Pedrão e Kaio Oliveira, na lateral esquerda James, o meio de campo contou com Paulo Henrique, Alex, Dieguinho e Roger Guerreiro e no ataque Bruno Andrade. O primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0.

Na segunda etapa e com alterações o alvirrubro dominou as ações de ataque, mas esbarrava na defesa adversária, durante o segundo tempo Amauri foi alterando sua equipe e entraram em campo os meias Marquinhos e Alexandre Manteiga e no ataque Josi e Eduardo Prestes, o jogo ganhou velocidade até que aos 25’ Marquinhos recebeu falta dentro da área caracterizando pênalti para o time da casa, James bateu e anotou o primeiro e único gol da partida.

Ao final do jogo em entrevista o treinador do Leão da Estradinha disse em coletiva que o time está pronto para iniciar o campeonato, mas que ainda tem muitos pontos em que precisa melhorar. “Estamos prontos para iniciar a competição, hoje o jogo foi movimentado e tivemos várias dificuldades, porque este é o primeiro treino no estádio em que iremos disputar o estadual, agora vamos trabalhar forte nesta semana que antecede o inicio do Paranaense e quem sabe sair com um ótimo resultado contra o JMalucelli no próximo final de semana”, finalizou Amauri.

Homenagem

Homenagem a Thiago RodriguesAntes da partida os atletas entraram em campo com uma faixa em homenagem especial a Thiago Rodrigues, morto em um assalto em Curitiba na última semana, com os seguintes dizeres:  “Luto, o Rio Branco SC está solidário com a família de Thiago Rodrigues da Coopanexo, chega de violência”.

O Rio Branco enfrenta o JMalucelli no próximo domingo (1), no Eco Estádio pela primeira rodada do Campeonato Paranaense.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Rio Branco




Na última sexta-feira, dia 23, representado pelo presidente do diretório municipal de Pontal do Paraná, Vinícius Prado, o Partido Socialismo e Liberdade, protocolou na prefeitura municipal, documento endereçado a Comissão de Licitação solicitando a impugnação do processo licitatório.

“Solicitamos a impugnação em primeiro lugar por motivo cívico e republicano, o referido edital transferirá verbas de secretarias importantes para o serviço público e assistência social municipal, para arcar com um contrato de publicidade de quase R$ 400.000, que terá como objetivo a promoção dos feitos da atual administração”. (Saiba mais sobre o edital clicando aqui)

O presidente do partido defende que, “não bastasse o fato de que setores prioritários do município vão perder verbas, temos ainda o fato de o presente edital desrespeitar a legislação que rege a administração pública, como:

–  lei 4.320/1964 que em se artigo 5º, que veta a destinação de verbas orçamentárias de pastas administrativas em geral para o uso em publicidade, sem rubrica própria para tal;

– Lei 12.232/2010, lei especial que rege a contratação de agências de publicidade e propaganda, lei criada após o escândalo do mensalão, onde ficou evidente o uso de tais empresas como fonte de desvio de recursos públicos. Em seu artigo 21 deixa claro que as verbas destinadas a contratação de empresas de publicidade e propaganda devem conter a destinação especifica, para discriminar os valores de tais contratos, discriminados na Lei Orçamentária Anual.

– Lei 8.666/1993, pois como não existe dotação orçamentária específicos para a realização da licitação impedem a formalização do contrato, e por consequência impede a realização da própria licitação, descumprindo o artigo 57 de tal lei.

(Veja o pedido de impugnação na integra clicando aqui http://goo.gl/BnnBOZ)

Para além das questões legais, ainda temos as questões de prioridades, a gestão pública deve ter como principal foco atuar de acordo com os interesses e necessidades da população, e em momento algum a população foi ouvida sobre a real necessidade de um contrato, com valor tão alto, para publicidade e propaganda, será que propagar os feitos do prefeito e de sua gestão é prioridade para os trabalhadores e a juventude pontalense?”, questiona o presidente do Psol de Pontal do Paraná.




Presidentes da Aciap, de Sindicatos, da Câmara de Vereadores, da Praticagem e o prefeito da cidade querem discutir e defender os interesses de Paranaguá

capa-porto geral (6)A Secretaria Especial de Portos (SEP), do Governo Federal, lançou consulta pública sobre a poligonal no Porto de Paranaguá, que envolve ainda, a região portuária de Antonina. No site da SEP há poucas informações sobre a proposta de alteração e este é um dos motivos que fez com que presidentes de entidades assinassem uma Carta Aberta à Comunidade Portuária.

Porém, o item que motivou a mobilização destas lideranças é o posicionamento contrário à alteração da poligonal. Esta não é a primeira vez que a discussão vem à tona.

Há um ano e meio, a alteração foi proposta e houve manifestação da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap) alertando sobre várias desvantagens para a comunidade portuária e, consequentemente, para comerciantes e a cidade em geral.

As lideranças lembram que as poligonais propostas desconsideram o Plano Master, atualizado em 2013 e o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto Organizado (PDZPO), atualizado em novembro de 2014.

A Carta Aberta tem nove itens. O Sindicato dos Operadores Portuários (Sindop) assinou carta semelhante, apenas retirando o item 6 da versão assinada por outras 14 entidades.

Confira, na íntegra, a Carta Aberta que já foi assinada e será encaminhada para a SEP.

Carta Aberta 1

Carta Aberta assinada-2

Carta Aberta assinada-3

Carta Aberta assinada-4

 




Untitled-2



Nuvem Digital