Cartaz Assistente SocialO Serviço Social é uma profissão de caráter sociopolítico, critico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais, para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”. Isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho.

O Serviço Social possui um projeto profissional coletivo e hegemônico, denominado projeto ético – político, que foi construído pela categoria a partir das décadas de 1970 e 1980. Ele expressa o compromisso da categoria com a construção de uma nova ordem societária. Mais justa, democrática e garantidora de direitos universais. Tal projeto tem seus contornos claramente expressos na Lei 8662/93, no código de Ética Profissional de 1993 e nas Diretrizes Curriculares. Hoje, a profissão encontra-se regulamentada pela Lei 8662, de 7 de junho de 1993 que legitima o Conselho Federal de Serviço Social e os Conselhos Regionais. Em seus artigos 4º e 5º, respectivamente, a lei define competência e atribuições privativas da assistente social.

Na Prefeitura Municipal de Paranaguá há profissionais do Serviço Social atuando em diversas politicas públicas do município sendo elas; Assistência Social, Educação, Urbanismo, RH e Saúde. Totalizando hoje na Prefeitura 28 profissionais atuantes.

Curiosidades: Serviço social é a profissão, assistente social é o profissional que cursou Serviço Social e assistência social é uma das politicas públicas que este profissional pode atuar.

Mensagens para o Dia do Assistente Social

“Protagonista na luta pela consolidação dos direitos e da construção de uma nova sociedade para todo s! Profissionais que fazem a história, não apenas no dia 15 de Maio, mas todos os dias do ano! Parabéns pelo seu dia!”

“A nobreza de nosso ato profissional está em acolher aquela pessoa por inteiro, em conhecer a sua história, em saber como chegou a esta situação e como é possível construir com ela formas de superação deste quadro. Se reduzirmos a nossa prática a uma questão urgente, a uma questão premente, retiramos dela toda a sua grandeza, pois os deixam de considerar, neste sujeito, a sua dignidade humana”. (Maria Lúcia Martinelli)

Encaminhado pela Assistente Social Taís Fernandes Valim

Tags: ,

Compartilhar



Comentar com o Facebook


Deixe uma resposta


vermelho {limão}