aquárioTrês cobras da espécie Corn Snake (Pantherophis guttatus), com colorações diferentes, e um lagarto Anolis são nos novos moradores do Aquário de Paranaguá. O local estará aberto durante todo o feriado da Independência e é uma excelente opção de passeio para quem estiver no litoral do Estado.

Ao todo, o espaço conta com mais de 26 recintos habitados por exemplares da fauna paranaense e alguns outros animais exóticos como o tubarão-bambu, encontrado no Japão, o jacaré de papo amarelo, do Pantanal, e outros répteis.

Segundo Carolina Meira, educadora ambiental do Aquário, esses animais estão sendo expostos, em parceria com o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), como uma maneira de trabalhar a educação ambiental sobre comércio ilegal de animais.

“A importação de anfíbios e répteis exóticos é proibida no Brasil desde 1998. Por isso, espécies como as snakes, pogonas, pítons e outros répteis são considerados ilegais e entram no Brasil por meio de tráfico internacional de animais ou ainda reproduzidas em criadores clandestinos”, disse.

Ela conta que esses animais foram destinados ao Aquário pelo IAP após ações de fiscalização contra tráfico de animais.

Além dos animais, o aquário também oferece outros atrativos e espaços para os visitantes, como o equipamento de vídeo game que permite viajar em uma realidade virtual embaixo d’água, espaço kids e o mirante, que pode ser alugado para promover eventos.

As visitas ao local podem ser livres, quando não é necessário agendamento e as informações sobre os animais e ecossistemas estão em televisores ao lado de cada recinto, e a visita com monitor que permite acesso a informações específicas e técnicas sobre os animais expostos. Nesse caso é necessário o agendamento com pelo menos uma semana de antecedência pelo site do aquário (www.aquariodeparanagua.org/visita) para grupos com no mínimo 15 pessoas.

CORN SNAKE – Como normalmente eram encontradas nos milharais do sul dos Estados Unidos, foram chamadas de cobra do milho. Elas se alimentam de pequenos roedores. Matam as suas presas por constrição, assim como as gibóias, crescem até 1,5 metro e podem viver cerca de 20 anos.

ANOLIS – Os Anolis são pequenos lagartos arborícolas comuns nas florestas tropicais da América Central e do Sul. Vivem da caça de insetos e larvas. Esses animais têm uma característica bastante peculiar, possui uma extensão de pele no pescoço de cor vermelha, usada como uma bandeirola, que é “içada” para atrair as fêmeas.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL – O Aquário de Paranaguá desenvolveu um Programa de Educação Ambiental (PEA) com o intuito de transmitir, para várias faixas etárias diferentes, conhecimentos sobre Biologia Aquática de uma maneira lúdica e melhor compreensão a respeito da preservação da natureza.

O Setor de Manejo do aquário também recebe diversas espécies de peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Esses animais chegam ao Aquário após apreensões da Polícia Ambiental, Corpo de Bombeiros, pescadores e banhistas.

SERVIÇO: 

Funcionamento: terça-feira a domingo (aberto nos feriados).

Horário: 10h às 17h30.

Valores:
Adulto: R$ 20,00
Criança: R$ 15,00
Idoso: R$ 15,00
Estudante: R$ 10,00
Professor: R$ 10,00

Crianças abaixo de 5 anos não pagam entrada e moradores de todo o litoral paranaense pagam R$10,00, apresentando comprovante de residência.

Tags: , , , ,

Compartilhar



Comentar com o Facebook


Deixe uma resposta


vermelho {limão}