Restrição ocorre hoje no pronto socorro por 24 horas

4-Hospital-Regional-do-Litoral-Município-–-ParanaguáO diretor geral do Hospital Regional do Litoral, Rodrigo Gomes da Silva, encaminhou documento ao Ministério Público, Conselho Regional de Medicina do Paraná, ao Samu Litoral e a 1ª Regional de Saúde informando da restrição do pronto socorro do hospital, que fica em Paranaguá.

O documento tem as considerações feitas pelo diretor e que provocou a restrição no atendimento.

“ A Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná”, fundação mantenedora do Hospital Regional do Litoral informa que:

Considerando que atualmente estamos com 13 pacientes em ventilação mecânica, somando 15 pacientes em alto risco e internados em condições não ideais na sala de emergência;

Considerando que estamos com pacientes na Central de Leitos há mais de 48 horas aguardando transferência para outros hospitais;
Considerando que estamos na busca por vagas de transferência e não obtivemos sucesso;

Considerando a necessidade de atender com dignidade, segurança e humanização a população do Litoral;

Considerando que o Hospital Regional do Litoral não possui interesse em manter o Pronto Socorro restrito e que espera reabri-lo tão logo haja condições de atender com dignidade, segurança e respeito os pacientes que necessitam de nosso atendimento;

Estabelece:
Restrição por 24 horas (dia 10) da admissão de pacientes em instabilidade clínica (ventilação mecânica ou que irão precisar de ventilação mecânica, pacientes que necessitem de suporte de UTI Adulto, choque). O Hospital Regional do Litoral manterá o atendimento de pacientes clínico e gestante que não se enquadram nas situações descritas. “

Tags: , , ,

Compartilhar



Comentar com o Facebook


Deixe uma resposta


vermelho {limão}