Cerca de 40 profissionais capacitados participam do processo de reabilitação de animais marinhos no Litoral do Paraná, entre estes Médicos Veterinários, Biólogos e Oceanógrafos do Centro de Estudos do Mar. Tem vídeo deste lindo momento

pinguins Litoral do ParanáSete pinguins-de-magalhães retornaram para seu ambiente natural na última sexta-feira (30), após serem resgatados pelo Centro de Reabilitação do Centro de Estudos do Mar (CEM) da UFPR, no balneário Pontal do Sul, em Pontal do Paraná. Os animais foram atendidos pela equipe do Laboratório de Ecologia e Conservação via Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS). Ler mais →


Seleção é designada ao preenchimento de uma vaga com regime de Dedicação Exclusiva. O docente também atuará em quaisquer outras áreas e subáreas afins, de acordo com a necessidade do Centro de Estudos do Mar, que fica em Pontal do Paraná, cidade do Litoral do Paraná

5.1- centro estudos do marA Universidade Federal do Paraná (UFPR) anuncia a abertura das inscrições do Concurso Público, na contratação de um Professor da Carreira do Magistério Superior, para atuação nas áreas de Mecânica, Estruturas e Métodos Numéricos.

O docente também atuará em quaisquer outras áreas e subáreas afins, de acordo com a necessidade do Centro de Estudos do Mar.

A renumeração é no valor de R$ 4.463,93 podendo chegar à R$ 9.600,92 conforme a titulação. O regime de trabalho é em Dedicação Exclusiva. Ler mais →


Foto: Laboratório de Ecologia e Conservação

Foto: Laboratório de Ecologia e Conservação

Mais um lobo-marinho foi visto no Litoral do estado nos últimos dias. Segundo o Laboratório de Ecologia e Conservação do Centro de Estudos do Mar, ligado a UFPR, o animal foi visto na última segunda-feira (22).

O animal amanheceu na praia do balneário de Guaratuba e era uma fêmea juvenil. A equipe fez o atendimento do bichinho no local. A avaliação da equipe foi de que o lobo-marinho, uma fêmea, estava em boas condições, mas em razão das condições do local – com muita movimentação de cachorros domésticos – e por ser uma espécie com reprodução no Uruguai e Argentina, ela foi levada para Centro de Reabilitação de Animais Marinhos do Centro de Estudos do Mar (CRAS), em Pontal do Paraná.

No CRAS passou por exames clínicos que constataram que o animal já havia sido microchipado a cerca de duas semanas por uma instituição parceira do laboratório da UFPR que fica em Santos, no litoral de São Paulo. Foi constatado ainda que o animal estava apto a ficar na natureza e, por isso, foi realizada a soltura.


Cursos promovidos em Pontal do Paraná têm conceito 4 e 3

1.2-centro-de-estudos-do-marQuatro dos seis cursos dos campi avançados da UFPR avaliados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 obtiveram conceito 4 e 5 – as maiores notas do indicador – em sua primeira participação. Três licenciaturas receberam a nota máxima: Computação, no Setor Palotina e no campus avançado de Jandaia do Sul, e Ciências Biológicas, em Palotina. A licenciatura em Ciências Exatas – Química, no Centro de Estudos do Mar (CEM), em Pontal do Paraná, foi classificada com o conceito 4. Ler mais →


Foto APPA

Foto APPA

Um filhote de lobo-marinho-subantartico fez um ‘pitstop’ no Porto de Paranaguá durante a tarde desta terça-feira, dia 31 e ficou até o dia 1º de agosto. De acordo com especialistas do Centro de Estudos do Mar (CEM) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o animal possui um ferimento no olho esquerdo, está magro e debilitado. Por isso, teria parado ali a fim de descansar. Ler mais →


Baleia é da espécie Jubarte e foi encontrada na Praia Grande, na Ilha do Mel (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental )

Baleia é da espécie Jubarte e foi encontrada na Praia Grande, na Ilha do Mel (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental )

Uma baleia da espécie Jubarte foi encontrada morta na manhã desta quarta-feira (1º) na Praia Grande, na Ilha do Mel, no Litoral do Paraná. Conforme o Centro de Estudos do Mar (CEM), da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o animal é juvenil e é comum nessa época do ano na costa brasileira por conta do período de reprodução.

Ler mais →


Foto ilustrativa

Foto ilustrativa

Em breve o Litoral do Paraná terá o novo Centro de Reabilitação de Fauna Marinha nas dependências do Centro de Estudos do Mar da UFPR, em Pontal do Paraná.

A estrutura servirá para avaliação e reabilitação dos animais encontrados nas praias pela equipes do Projeto de Monitoramento de Praia – Bacia de Santos (PMP- BS), que muitas vezes são acionados pela população pelo telefone 0800 642 3341. Ler mais →


Fotos: Laboratório de Ecologia e Conservação (CEM/UFPR)

Fotos: Laboratório de Ecologia e Conservação (CEM/UFPR)

Cerca de 4.500 animais encalhados na faixa de praia do Litoral paranaense – 90% deles encontrados mortos – foram atendidos por pesquisadores da Universidade Federal do Paraná nos 27 primeiros meses do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS). Formado por 56 integrantes, o grupo multidisciplinar faz o monitoramento diário da região – um trabalho que é desenvolvido simultaneamente em vários estados brasileiros e conduzido como condicionante ambiental pelo Ibama.

A UFPR faz parte de uma coalizão de 14 instituições que atuam em colaboração para cobrir 800 quilômetros de praia entre Laguna-SC a Ubatuba-SP. No Paraná, o PMP-BS é executado pelo Centro de Estudos do Mar da UFPR, por meio do Laboratório de Ecologia e Conservação desde 2015. Ler mais →


Necrópsia apontou que a baleia estava com uma infecção generalizada, segundo o Centro de Estudos do Mar. Ou seja, o animal encalhou porque estava debilitado

baleia1Uma baleia minke foi encontrada encalhada na Ilha do Mel, em Paranaguá, no litoral do Paraná. O animal – uma fêmea juvenil, de acordo com o Centro de Estudos do Mar (CEM) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) – não resistiu e morreu logo em seguida.

O mamífero media 4,80 metros, e o peso estimado era de, ao menos, uma tonelada, conforme informou a bióloga do CEM, Camila Domit.

A bióloga contou que uma equipe do CEM avistou a baleia na manhã de quarta-feira (8), entre o Forte e o Farol, na praia de Nova Brasília. A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) ajudou na tentativa de resgate ao animal.

Ler mais →


WhatsApp Image 2017-10-17 at 09.22.39 (1)Já foi devolvido à natureza o jacaré de papo amarelo encontrado no fim da madrugada de terça-feira (17) na Ilha do Mel, em Paranaguá, no litoral do Estado. O animal apareceu em uma área de comunidade e foi capturado por agentes da Polícia Militar Ambiental, levado para o canil do posto policial e solto em seguida, em outra região.

A bióloga Camila Domit, do Centro de Estudos do Mar da Universidade Federal do Paraná explica que o caso não é exatamente uma raridade, mas que chama a atenção por ter ocorrido em um local habitado por seres humanos. Ler mais →



vermelho {limão}