As ações para a recuperação dos animais sobreviventes, bem como para o destino adequado para aqueles que morrem são urgentes, principalmente pelas questões sanitárias decorrentes.

O Governo do Paraná estabeleceu diretrizes e procedimentos referentes ao atendimento de animais marinhos que encalham no Litoral. O protocolo é resultado de uma resolução conjunta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Instituto Ambiental do Paraná e IBAMA, definida na última quinta-feira (29).  -  Foto: Divulgação SEMA

Foto: Divulgação SEMA

O Governo do Paraná estabeleceu diretrizes e procedimentos referentes ao atendimento de animais marinhos que encalham no Litoral. O protocolo é resultado de uma resolução conjunta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Instituto Ambiental do Paraná e IBAMA, definida na última quinta-feira (29). Ler mais →


A empresa Moinhos Iguaçu Agroindustrial recebeu a Licença Ambiental Prévia, concedida pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), órgão vinculado à Secretaria do Meio Ambiente, para implantação de um sistema de correias de transporte de grãos no Porto de Paranaguá. Na foto, e/d: o presidente do Moinhos Iguaçu, Alcides Cavalca Neto; o secretário do Meio Ambiente do Paraná, Antonio Carlos Bonetti, e o presidente da Codapar, Tino Staniszewski.  Curitiba, 01/09/2016. Foto: Divulgação Meio Ambiente

Foto: Divulgação Meio Ambiente

A empresa Moinhos Iguaçu Agroindustrial recebeu a Licença Ambiental Prévia, concedida pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), órgão vinculado à Secretaria do Meio Ambiente, para implantação de um sistema de correias de transporte de grãos no Porto de Paranaguá. A licença prévia foi entregue nesta quarta-feira (31) pelo secretário do Meio Ambiente do Paraná, Antonio Carlos Bonetti.

Ler mais →


normal_Imagem_063A Secretaria estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos elaborou sugestões de rotas para incentivar a prática do cicloturismo no Litoral do Paraná. Inicialmente foram traçadas cinco rotas, com diferentes níveis de dificuldade e trajetos, em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná.

Todas as rotas foram previamente percorridas por ciclistas que integram a Federação Paranaense de Ciclismo, Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu e projeto Ciclovida da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Todas as rotas estão disponíveis no site www.verao.pr.gov.br. Lá, é possível encontrar um mapa sobre cada percurso, as distâncias, sugestões de pontos de paradas, tempo médio de pedaladas e dicas sobre cada percurso.

Foram elaborados passeios em que os ciclistas poderão pedalar até a Floresta Estadual do Palmito ou até o Parque Estadual Rio da Onça. Também foram incluídas rotas gastronômicas como a visita a comunidade do Cabaraquara, em Matinhos; o turismo rural até a colônia Maria Luíza ou roteiro cultural pela orla de Matinhos, incluindo pedaladas noturnas pelos balneários.

O coordenador do Projeto Ciclovida da Universidade Federal do Paraná (UFPR), vice-presidente da Federação Paranaense de Ciclismo e diretor de lazer da Cicloiguaçu, José Carlos Belloto, explica que o objetivo é ofertar aos veranistas opções de passeio, aliando a prática de esporte e a proximidade com a bicicleta.



vermelho {limão}