Soube que leva 10 dias para a vacina fazer efeito. Por isso corri para vaciná-los o quanto antes”, declarou mãe que levou os filhos para tomar a vacina contra a febre amarela

Médica infectologista Lúcia Eneida Rodrigues faz orientações

Médica infectologista Lúcia Eneida Rodrigues faz orientações

A dona de casa Emília Garibaldi, que é do Espírito Santo e está há pouco mais de dois meses vivendo em Paranaguá, ficou preocupada quando teve as primeiras informações sobre a possibilidade de a cidade ter casos de febre amarela. Aproveitou a manhã de folga no trabalho e levou os dois filhos para serem vacinados, na unidade da Gabriel de Lara. “Soube que leva 10 dias para a vacina fazer efeito. Por isso corri para vaciná-los o quanto antes”, declarou a mulher. Ler mais →



vermelho {limão}