00891A 6ª Promotoria de Justiça de Paranaguá, no Litoral paranaense, ofereceu, nesta sexta-feira, 8 de fevereiro, denúncia por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e uso de recurso que impediu a defesa da vítima) contra cinco homens acusados de matar um companheiro de cela na madrugada do dia 26 de janeiro. Os denunciados amarraram as mãos e os pés da vítima com um lençol e o atacaram com socos, chutes e golpes de estoque. Ler mais →


antoninaOntem à tarde, a Polícia Militar de Antonina que prendeu dois homens e um menor. Todos estariam envolvidos em um assalto que resultou em vítima amarrada, muitos bens roubados, inclusive um carro.

Na ação policial foram presos Edileno Cordeiro, de 24 anos, um rapaz de 17 anos- ambos foram reconhecidos pela vítima e houve ainda a prisão de Cristiano Alves, de 29 anos que tinha um mandado em aberto.

Hoje, no final da manhã, Cristiano foi encontrado morto dentro da carceragem da Polícia Civil de Antonina. As primeiras informações são de que ele cometeu suicídio, por meio de enforcamento.

Agora, os policiais terão que fazer um trabalho para descobrir se, de fato foi um suicídio, ou a cena teria sido montada por terceiros.


Quatro presos quebraram uma janela da cela e conseguiram escapar na madrugada deste sábado

delegaciadepoliciadematinhos8jwQuatro presos que estavam na Delegacia de Matinhos, fugiram após quebrar uma janela e destruir a grade de proteção da cela em que estavam detidos. A fuga aconteceu na madrugada deste sábado (20). Em nota, a Polícia Civil informou que vai abrir um inquérito para investigar a fuga. Segundo a corporação, o local tinha 14 presos. A carceragem foi projetada para receber, no máximo, 15 pessoas.

Ainda conforme o delegado, até o início da tarde deste sábado, nenhum dos foragidos foi recapturado. O prédio da delegacia foi entregue à população no dia 27 de abril. Segundo o governo do estado, a construção custou R$ 4,5 milhões.


normal_0

Um homem de 32 anos foi preso em flagrante, suspeito de participar de um roubo a um malote de dinheiro com cerca de R$ 40 mil. A ação criminosa aconteceu em frente a uma agência bancária, na região central de Morretes, na tarde de segunda-feira (15). Além da prisão, os investigadores apreenderam um veículo Fiat/Siena prata utilizado para fuga dos suspeitos, além de munições de calibre 38. O caso está com a Delegacia de Morretes.

Segundo informações policiais, a vítima, um homem de 30 anos, havia acabado de sacar dinheiro em uma agência bancária, quando dois homens em uma moto, deram voz de assalto. A Polícia Civil estava em diligência quando recebeu a denúncia via rádio e seguiu para atender o caso.

Durante esse tempo, a Polícia Militar (PM) encontrou essa mesma moto abandonada em um posto de gasolina na entrada da cidade e informou a Polícia Civil, que após apurações, constataram que a moto foi roubada em Curitiba no dia 30/03/2017 e estava com a placa clonada.

Durante as investigações, a equipe policial solicitou ordem de parada para um veículo Fiat/Siena prata suspeito, na BR 277. Durante a parada, um dos suspeitos desceu do carro e fugiu, entrando um matagal.

“Um dos suspeitos conseguiu fugir e levou o malote de dinheiro. Já outro homem foi levado para a delegacia e reconhecido pela vítima”, informou o delegado responsável pelo caso, Antônio Cesar Pereira dos Santos.

O suspeito preso possui passagens pela polícia por receptação e porte ilegal de arma de fogo em Curitiba. Na delegacia, o homem negou a participação no crime.

Ele responderá por roubo, receptação e porte ilegal de arma de fogo. As investigações continuam com intuito de identificar o outro suspeito.


Foi um tal de fugas, rebelião incontrolável, incêndio em todo o prédio….. mas eram boatos atrás de boatos. Transferência de presos deve acontecer nos próximos dias. Confira o que aconteceu ontem na cadeia de Paranaguá

WhatsApp Image 2017-05-08 at 15.13.09Após serem avisados de que não haveria visitas naquele dia, os presos começaram uma rebelião. Os presos, 87, não gostaram e começaram um quebra-quebra no interior das celas. Um princípio de incêndio também foi constatado no interior do prédio.

De dentro das celas, os presos gritavam que frases como “a delegacia é do crime!” E diziam que uma pessoa tinha sido ferida.

A Polícia Militar colaborou com o isolamento do local. Junto com a Guarda Municipal, os policiais bloquearam o trânsito de veículos pela região. As aulas no Colégio Alberto Gomes Veiga foram suspensas e alguns comerciantes fecharam as portas.

Em minutos, após a primeira notícia da rebelião, as redes sociais já estavam cheias de informações e nem todas confirmadas. Houve um princípio de incêndio, totalmente controlado pelo Corpo de Bombeiros. Disseram também que havia acontecido a fuga de presos, o que também não ocorreu.

O motim ocorreu no começo da tarde de ontem (08) e até às 15h já estava controlado. Há expectativa de que a transferência de presos ocorra em breve.

Dr. Rogério Martins de Castro, delegado chefe da Polícia Civil, disse que o motim começou porque os presos estavam reivindicando a transferência de presos. Houve a tentativa de negociação e com isso os ânimos ficaram exaltados e colchões foram queimados.

“Nenhum preso fugiu. Nenhum preso ficou ferido”, confirmou o delegado. Ele também adiantou que, aproximadamente, 30 presos devem ser transferidos. As tratativas estão sendo mantidas para definir a data.


documentos perdidos na políciaA Polícia Civil de Paranaguá recebe muitos documentos perdidos, entre documentos de identidade, CPF e carteira de trabalho. De acordo com a lista divulgada, são mais de 400 documentos.

Caso você tenha perdido algum documento ou conheça alguém nesta situação, pode indicar o link abaixo onde está a lista dos documentos na delegacia em Paranaguá.

A retirada pode ser feita das 14h às 18h na Delegacia que fica na rua Vieira dos Santos, 200, no Centro Histórico.

Confira o link com relação de documentos:

https://docs.google.com/spreadsheets/d/1t3bCJbuuufKOiVdG6oQsrQi86kmHmPKRNB70EnIwPG8/edit?pref=2&pli=1#gid=0


Conselho Municipal de Segurança de Paranaguá vai solicitar a construção de uma unidade prisional para atender os sete municípios

17220A obra da Delegacia Cidadã não será realizada em Paranaguá. A informação foi repassada durante reunião do Conselho Municipal de Segurança de Paranaguá (Conseg) na semana passada.

Por conta da decisão, o Conseg pretende solicitar ao Governo do Estado, a construção de uma unidade prisional em Paranaguá para atender aos sete municípios do Litoral.

10338Segundo o presidente do Conselho, Sami Zahra, o pedido será encaminhado ao Governo do Estado via ofício. A entidade sugeriu como possível local de construção da unidade prisional a PR-407, próximo ao limite com o município de Pontal do Paraná.

“Para corroborar o pedido, o delegado de Polícia Civil de Paranaguá vai fazer um relatório das condições da atual unidade. Isto será encaminhado ao Governo do Estado, dando mais respaldo a nosso pedido”, salientou Zahra.


160289_ext_arquivoTrês mulheres foram flagradas com entorpecentes e celulares durante a revista pessoal, realizada na tarde desta segunda-feira (08) na 1° Subdivisão Policial de Paranaguá.

As mulheres foram identificadas como Simone, de 34 anos (que estava com 70 gramas de maconha), Lais de 20 anos (que foi pega com 44 gramas de maconha) e Daniele, de 22 anos, que foi flagrada com 81 gramas de fumo caiçara. Porém, o detalhe que mais chamou a atenção dos agentes de plantão foi que, além da droga, com uma dessas jovens foram encontrados 3 aparelhos de celular, que estavam escondidos em suas partes íntimas.

Segundo o que foi apurado pelos agentes a droga, os aparelhos celulares e o fumo seriam repassados aos presos durante a visita íntima. Uma das mulheres contou aos policiais que em sua residência havia mais entorpecente guardado, e então os policiais civis foram até a casa e encontraram mais 56 gramas de maconha. Segundo a mulher, ela estava guardando a droga a pedido de um estranho, e que uma pessoa iria pegar o entorpecente.

Diante dos fatos, e com todo o material que foi apreendido, as 3 meninas “quase Super Poderosas” foram recolhidas a carceragem local e vão responder por tráfico de drogas.

Fonte: Rádio Ilha do Mel


00891Donos de fliperamas e lan houses devem comparecer na 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá para regularizar o alvará de funcionamento destes estabelecimentos.

A liberação do alvará acontece no setor de Fundo Especial de reequipamento Policial (Funrespol). A delegacia de Paranaguá fica na rua vieira dos Santos, 200.


00891Policiais Militares atuantes na Operação Verão 2014/15, prenderam na manhã deste domingo mais um indivíduo com Mandado de Prisão em aberto.

Um policial de folga estava em um posto de gasolina abastecendo seu veículo, quando desconfiou da atitude de três indivíduos que estavam no local, e ligou para o 190 pedindo uma abordagem.

A equipe policial abordou os homens e constatou, em consulta ao sistema, que em desfavor de um deles havia um Mandado de Prisão em aberto, expedido no estado de São Paulo.

Foi parar na delegacia de Paranaguá.



vermelho {limão}